TVs.

 

 

 

O lixo eletrônico, incluindo a televisão, é composto por mais de mil tipos de substâncias, mas existem algumas distinções entre os televisores mais atuais e os de tubo - que são significativas no que diz respeito aos impactos ambientais que podem causar e às suas formas de reciclagem.

 

TV de tubo
No caso da TV de tubo - ou televisores de CRT (Cathode Ray Tube, que em português significa Tubo de Raios Catódicos) -, presente em 61,6% dos lares da população brasileira em 2013, seus componentes tóxicos são variados e causam inúmeros danos ao ambiente e aos seres humanos, mas o problema maior é o chumbo que, por aparelho, pode conter de um a quatro quilos. O chumbo, se descartado de forma incorreta e contaminar o lençol freático e o solo, pode causar danos em todos seres que o acumularem em seu organismo. Em concentrações elevadas no corpo humano por meio do consumo de alimentos e água contaminados, pode causar a curto prazo perturbações gastrintestinais, danos hepáticos e renais, hipertensão e alguns efeitos neurológicos. E, em longo prazo, pode causar anemia, tremores e paralisia, déficit de atenção e má formação do feto.

TV de LCD
As TVs mais atuais como a de tela de LCD (Liquid Crystal Display, que traduzido literalmente é “Tela de Cristal Líquido”) possuem arsênio no vidro da tela e mercúrio em suas lâmpadas fluorescentes, que servem para iluminar a tela. O mercúrio, que em minúscula quantidade já foi usado para tratar machucados (depois foi proibido), em maiores quantidades presentes na água destinada ao consumo humano, por exemplo, pode deteriorar o sistema nervoso, causar perturbações motoras e sensitivas, tremores e demência. O arsênio, em contato com a pele, vias respiratórias e digestivas em quantidades significativas, pode causar intoxicação crônica levando à lesões dérmicas, como hiper e hipopigmentação, neuropatia periférica, câncer de pele, bexiga e pulmão, rins e doença vascular periférica.

 

 

 

 

 ENDEREÇO
Rua Simpatia, 198, Bairro São Jorge, Nova Iguaçu, RJ. CEP 26276-300
(21) 3892-0002 / (21) 96499-0528

© JCComércio de Reciclagem 2020 | Olivan B. Ribeiro WebMaster