Placas.

 

 

 

Anualmente, 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são descartadas em todo o mundo. No Brasil, são gerados por ano cerca de três quilos de lixo eletrônico por pessoa e o estado de São Paulo é o que mais envia sucata eletrônica para o exterior.

O lixo eletrônico são equipamentos como televisores, computadores, celulares e outros aparelhos que são descartados ou se tornam obsoletos. Atualmente, existem mais telefones celulares do que pessoas no Brasil, isto porque a cada dia novos modelos são lançados e as pessoas trocam seus aparelhos para se modernizar.

Os aparelhos eletrônicos que não servem ou funcionam mais precisam receber o destino correto, como prevê a Lei Nacional de Resíduos Sólidos, eles precisam ser enviados para centros especializados em reciclagem de eletrônicos ou serem devolvidos para o fabricante do aparelho.

 

A princípio, todos os componentes do microcomputador e do monitor podem ser reciclados. Até mesmo as substâncias tóxicas, como o chumbo, são reaproveitadas na confecção de novos produtos, como pigmentos e pisos cerâmicos. A idéia é que, além de evitar que o metal contamine o solo, ele volte para a linha de produção. Assim, não é preciso tirar mais minérios da natureza.

 

 

 

 

 ENDEREÇO
Rua Simpatia, 198, Bairro São Jorge, Nova Iguaçu, RJ. CEP 26276-300
(21) 3892-0002 / (21) 96499-0528

© JCComércio de Reciclagem 2020 | Olivan B. Ribeiro WebMaster